3.10.05

Separados à Nascença



Nuno Melo
– Se não reconhece esta pessoa, talvez deve questionar por onde raio anda às terças-feiras à noite quando está a dar o programa ‘Parlamento’ no canal 2. Este gajo está sempre lá a falar, a brincar às discussões com outras pessoas de fato e com a Odete Santos. O Nuno tem exactamente o mesmo nome que aquele actor que fazia de filho na série ‘Camilo e filho’.E que depois entrou numa telenovela brasileira em que fazia de um taxista que estava sempre a bater num preto. O Nuno também é o líder parlamentar da bancada do PP. Falou bastante quando aquele barco das ‘mulheres nas ondas’ andava a fazer abortos ao largo da costa portuguesa. Não consigo imaginar um sítio mais seguro para fazer qualquer tipo de intervenção médica num corpo humano. Os barcos nem abanam nada. Assim de repente, melhor sítio, só mesmo um F-16. Ou uma bicicleta. Bem, Nuno Melo é um gajo igual ao Corey Feldman.

Corey Feldman – Se não reconhece esta pessoa, talvez deva questionar por onde raio andou durante os anos 80 (se foi na casa de Évora ou no apartamento da Avenida das Forças Armadas, peço desculpa por estar a obrigá-lo a remexer em assuntos tão delicados.) Corey Feldman, e se exceptuarmos o ‘E.T.’, o ‘Cocktail’ e o ‘História Interminável’, entrou em todos os filmes que davam ‘à tarde’ na televisão estatal. Quer dizer, uma vez, naquela coisa que tínhamos que votar no filme que queríamos ver, deu o ‘Fritz, o Gato’, um filme porno softcore de desenhos animados. Depois deste filme, nunca mais olhei para o Top Cat da mesma forma. O Corey, não tendo entrado em nenhum destes filmes, era a grande esperança do cinema da altura. Estava para o cinema norte-americano como a Maria Armanda estava para a música portuguesa, sendo que, então, os seus filmes eram a versão cinematográfica do melódico, e factual, ‘Eu vi um sapo’. De repente, Corey deixou de aparecer e o Macaulay Culkin assumiu o lugar de jovem Messias. Curiosamente, ambos os salvadores se cruzaram no recente julgamento do futurista Michael Jackson.

11 comentários:

Tiago disse...

Comigo não funciona porque eu nunca associo o corey feldman com a idade nesta foto. Só mais novinho no stand by me e nos goonies

João disse...

Olha que comigo basta pensar em gajas, e não como no teu caso que só funciona quando pensas nos actores quando eram mais "novinhos". És um pervertido Tiago...

Mat disse...

O Corey tb deu voz a uma tartaruga ninja e entrou em filmes como: "Bikini Bandits" e "The Thief and The Stripper "; e em series de televisão como: "Super Robot Monkey Team Hyperforce Go!" e "Puppet Master vs. Demonic Toys". Deve ser de facto um actor polivalente.

Pedro disse...

Já agora, aproveito para dizer coisas que não disse na detalhada 'bio' que elaborei sobre o mito Corey Feldman: andou a comer, com anuência da Igreja e tudo, uma das gajas do Las Vegas. Não a preta com sotaque inglês, não a gaja das mamas, não a filha do Sonny Corleone… a outra, a pequenina com nome de homem.

Tiago disse...

E a seguir ao Fritz o Gato deu o Emanuelle. Foi sessão dupla.

João, talvez queiras mudar isso dos "novinhos" para actrizes eróticas e animais, ok?

João disse...

Tu é que tens de mudar. Tu é que estás errado. Tu é que és uma aberração. Gajos como tu deviam ser alcatroados...

Pedro disse...

Ora aí está um bom costume que se perdeu: alcatroar pessoas...

Telmo disse...

Um costume que se perdeu? Espera ate arrancarem o alcatrao na A1 e descobrirem os corpos de todos os africanos que um dia tiveram a ousadia de pedir um salario minimo!

Tiago disse...

Um bom alcatrão só tem piada se tivermos uma almofada de penas à mão.

João disse...

Vi logo que eras desses mariconços que usa almofadas de penas...

Pedro disse...

Pelo menos não vai ser um mariconço marreco quando for velho… sempre ouvi dizer que essas almofadas faziam maravilhas pelos costados…