24.10.05

Anti-Estilo XIV



Também sou daquelas pessoas que apesar de ter televisão por cabo, continua a não ver nada de jeito. Os filmes, as séries, os desenhos animados, e os bons eventos desportivos, simplesmente não passam pelos mais de 30 canais. Verdade seja dita... às vezes tenho direito a um episódio já visto de 'Seinfeld ' e até já me tornei já, um espectador assíduo da oficina das motas.
Um dos canais, nos quais também paro às vezes, depois de longos tempos de zapping, é a RTP Memória. Normalmente para ver um jogo da bola de há 20 anos, mas por vezes para ver também antigos programas de entretimento. Não por serem bons...não senhor, mas sim, por serem tão maus.
E quando vejo um programa do Júlio Isidro, vem-me sempre a mesma pergunta à mente: “Como é que foi possível que este homem se tenha tornado um dos mais famosos apresentadores do país!?”
Obviamente que naquela altura, o povo não tinha as capacidades mentais que tem agora, devido aos muitos anos de ditadura, à falta de escolaridade, à pobreza, aos 2 canais de televisão, que ainda por cima eram a preto e branco. Sim, estes factores poderão ter sido contributos para a carreira televisiva deste homem. Mas na verdade, até não foram, porque depois do 25 de Abril - depois do povo se ver livre do fascismo - o apresentador mais chato do mundo continuou a reinar por mais de 15 anos o meio televisivo.
Sejamos francos... ninguém no seu perfeito juízo, consegue ver de livre vontade o “Clube dos Amigos Disney” ou o "Regresso ao Passado".
E mais, o homem casou há poucos anos atrás, com uma mulher, 27 anos mais nova do que ele.
A minha teoria é que, o Júlio é um hipnotizador e dos bons.

14 comentários:

Pedro disse...

O Joaquim Letria é melhor, mas como nunca se ria, os directores de programas escolhiam sempre o Júlio...

SUSHISTICK disse...

Bom bom era o Carlos Cruz.......mas esse não tinha espirais de corneto nos olhos..

ron j. disse...

Deixem lá o homem em paz...

O que ele quer é brincar com as avionetazitas...

João disse...

O Carlos Cruz só queria apresentar programas infantis pois só conseguia hipnotizar crianças. Mas como o "Lecas" já os apresentava, não lhe fizeram a vontade.

Mat disse...

Caramba, tinha me esquecido de mencionar, mas também já vi 5 minutos de um programa de Joaquim Letria, onde aparece um computador ultra-sofisticado.

Tiago disse...

No seu tempo, o Clube Amigos Disney era o melhor programa da televisão! Que saudades dos Gummy Bears, do Duck Tales, do Zorro, e daquela série sobre um estudante chinês na américa que se safa porque é bom no karaté.

O Julio Isidro ainda se safava porque fazia propaganda às revistas do Tio Patinhas em português e porque apresentou aquele robô inteligente aos portugueses.

Mat disse...

Pois sim, os Gummy Bears, os Duck Tales, o Zorro, etc. , mas o Isidro erá um miscasting total!

João disse...

O puto chinês era o Ernie. Mas a melhor coisa que se viu no "Clube Amigos Disney" foi o pai do David Hasselof, quando o kit andou a fazer uma tour pelos centros comerciais de tódo o Portugal, porque não só tinha o cabelo grisalho e uma grande pança, mas também um casaco de cabedal com franjas nas mangas e uns luzes à kit nas costas.

Mat disse...

Caramba, eu não vi...diz-me que tens documentação sobre esse grandioso momento televisivo!

Tiago disse...

João, lembras-te do nome da série desse Ernie? É que fiquei muito curioso de a pesquisar no google.

Roberto Iza Valdes disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Roberto Iza Valdes disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site...
»

Anónimo disse...

What a great site » » »