2.6.05

O Mais Duro X



STEVEN SEAGAL

Bem, e chegámos ao último nomeado para o título d´"O Mais Duro" do cinema. Foi uma luta renhida, mas de facto "in the end it can be only one". Estêvão Gaivota (dirijo-me a ele usando o nome inicialmente escolhido pelo seu pai, que se perdeu na dislexia do notário) é o vencedor! E porquê? Porque é um duro sem uma única falha. É mestre de artes marciais, é o melhor e maior parte-ossos da indústria, é especialista em todo o tipo de armas e veículos, come sempre a gaja, limpa o sebo a todos os maus e nunca morre, nem sequer aleija-se ou suja-se! Se algum idiota tiver a infeliz ideia de sujá-lo, o Steven torce-lhe o pescoço. Mai nada!
Além disso ele tem estilo. Ora então vejamos: tem um rabo-de-cavalo, usa camisa à homem (não há cá nada de lycras). Parece um verdadeiro senhor! Nunca sorri, pois duro que é duro... E também nunca se despenteia, ao contrário dos outros candidatos, que fizeram filmes onde apareceram todos andrajosos e com pinta de gandulos. Um duro tem de saber ter estilo, vejam a máfia por exemplo, aprumadíssimos como deve ser.
Quanto à sua carreira no cinema, nem vale estender-me por aí além, são só bons exemplos. Devo referir que já trabalhou com Michael Caine, e só lamento que não lhe tenha partido a boca toda. Mas se quiserem saber mais sobre o percurso deste duro cliquem aqui (e não aqui).
Até na vida real é um duro, pois está envolvido com a CIA, em programas de segurança de vários chefes de estado mundiais e operações secretas, sobre as quais não sei nada. Que mais posso dizer? Palavras para quê? Um silêncio vale por mil palavras, mil palavras custam bué nos anúncios de jornal, e se uma imagem vale por mil palavras, logo um silêncio vale o mesmo que uma imagem. Uma imagem num banco de imagens pode valer noventa contos, e por aí adiante.
E é assim que dou esta rubrica por terminada. I´ll be back! Hasta la baby, vista!

56 comentários:

Joanissima disse...

(o que eu gosto de inaugurar a caixa de comentários...)

Apraz-me dizer que está muito bem observado. Não obstante ter uma certa simpatia pelo Chuckie, (sobretudo desde aquela série dos rangers em que ele era muito bonzinho e se aprendia sempre a ser melhor para os desgraçadinhos, para os orfãos e para as testemunahs que precisam de programas especiais de protecção), o Estevão é o Estevão.

Para já é alto e isso é um ponto a favor. Depois não tem ar de atrasado mental. Ao invés, é uma mistura étnica entre um indío americano, um cigano tipo Joaquin Cortez e um monge budista.

E parece ser um rapaz sério e honesto.
E uma gaja gosta dessas merdas.

Pedro disse...

Ainda acho que o Charlie Bronson, num duelo, mandava logo um balázio na testa do Seagal enquanto este apanhava o cabelo e/ou punha a brilhantina...

Além disso, o Seagal agora é um badocha. Como é que apanha os maus? Bem, mas na dificuldade em apanhar maus até empata com o Bronson (que está morto)...

Joanissima disse...

Pois, isso deve dificultar um bocado as coisas ao carlitos, pois que deve... A vida é tão injusta, ó pá....

João disse...

Ò Joana, tal como a bola, isto é assunto de homens. Tu vias a "Gabriela" e o "Roque Santeiro", na altura em que nós víamos estes filmes.

Joanissima disse...

A gabriela?? essa devias ver tu, com uma boazona como a sónia braga... se não vias, devias ver... e o roque santeiro (n me lixes) toda a gente via...

: )

Quanto ao facto de isto ser um assunto de homens... tem paciência... tens q arranjar um design mais moderno, Joãozinho...

Mat disse...

Pfff....duro, duro, é o Clint no "Dirty Harry" ou no "O bom, o mau e o vilão". Tens que estudar melhor essa matéria, caro colega-gémeo!

Mat disse...

Eu via Escrava Isaura, mas qd descobri que não tinha nada a ver com sado-maso, deixei de ver.

Mat disse...

Piada!

Joanissima disse...

: )))

fizeste bem!!! E devias tê-los processado por publicidade enganosa... A DECO tá cheiinha de queixas dessas...

(é que não se faz!!!)

João disse...

O Modernismo aconteceu entre a última década do sec XIX, e o final da década de 60 do sec XX. O período compreendido entre o final do modernismo e os dias de hoje chama-se pós-modernismo. Tem existidoum debate, que equaciona a denominação de pós-pós-modernismo, aos dias de hoje. Mas essa discussão mantém-se em aberto...

A palavra que querias usar era giro. "tens q arranjar um design mais giro..."

Mat disse...

Eu sei porque o João elegiu o palhaço do Seagall como o melhor duro. Esta erá a foto que ficava melhor no blogue. É assim com designers, tem que ficar bonito em cima de tudo.

João disse...

E além disso o título de mais duro, n se aplica a personagens, caro matias. Sóa a actores com carreiras sólidas no negócio da dureza. Vossa excelencia é que tem de estudar melhor as pastas.

Joanissima disse...

Não Józinho... era mesmo moderno que eu queria dizer... essa coisa de ir ao google buscar informação desnecessária... tss, tss.... ouça... você não precisa disso... : )))

Mat disse...

Então, porque não, o Ricardo Sá Pinto ou o Paulinho Santos como mais duros.

Joanissima disse...

Mas Matias, nisso o João tem razão... o Estevão é muito fotogénico, benza-o Deus....

Joanissima disse...

Para isso, publicava uma foto do Zé Manel... Não há Durão maior que ele...

Tiago disse...

Matias, já tentei incutir nestes gémeos-primos o espirito fascista do Clint, mas eles não aprendem. Sendo assim João, o meu voto não vai para o Steven Seagull mas sim para o anterior nomeado: o culturista com a máscara do Eusébio.

Tiago disse...

Sim porque falar do Toshiro Mifune é ser corrido à pedrada...

Pedro disse...

Arcaico Tiago, você não foi já humilhado quando introduziu esses nomes no debate? Não lhe chegou, foi?

Joanissima disse...

Salvé tiaguinho... : )

João disse...

Quem é que te pediu para votar, Tiago? Já não bastas as vezes que votas em ti no nosso concurso de popularidade, ainda queres meter o bedelho nas rubricas dos outros. Faça atenção senhor! Faça atenção!

Pedro disse...

Se um Tiago incomoda muita gente, um Tiago com opiniões incomoda muito mais...

(repete até á exaustão)

Tiago disse...

É bom saber que estou a desempenhar bem o meu papel. É preciso olho vivo. Isto não é a ditadura dos generais!

Joanissima disse...

Já vos disse q ontem à noite falei com o gémeo Telmo?
Ah, pois foi!!

João disse...

O da rua Sésamo!? Ah não! .. esse era Elmo...

Pedro disse...

E a Guiomar? Era tão simpática e gira... agora é má numa novela da TVI... não se pode confiar nas pessoas!

Joanissima disse...

(suspiro)

Falei ao telefone... ó pá... a tecnologia é do caraças...

João disse...

E o André, isso é que eu gostava do vítor Norte na altura. Mas depois andou a engatar gajas e foi para o ultramar.

Joanissima disse...

Isso, ignorem-me...
: (


Tou triste.

Pedro disse...

E aquela música 'Eu tenho orgulho orgulho orgulho orgulho em ser uma vaca '? Ainda hoje me farto de cantorolar isso no Metro... e quase toda a gente acompanha. Torna a viagem mais simpática e alegre!

Joanissima disse...

(onde andará o gémeo matias que é quem me protege nestas coisas e quem me entende?)

Mat disse...

Sim, falaste com o gémeo Telmo e ... foi bom?

Joanissima disse...

: )

(ó matias... olha eles q não gostam de mim...)

Falei cvom o telmo, sim senhor... Estava um bocadinho acelerada, eu. Acho que ele mal falou... : )
Até me chamou corajosa por ter ligado... Um querido.
Gostei francamente.
E aproveitei para lhe dizer umas verdades, extensíveis a vocês todos, que ele, se assim o entender, vos dirá... : )

João disse...

Por falar nisso... o que acham do não sei quê?É que tem dado muita polémica lá fora. No estrangeiro...

Mat disse...

Então, parabéns Joanissima, já telefonaste mais vêzes do que eu para o Telmo. Eu só quero falar no jantar dos 10.000 visitas com essa gente, aliás pelo telemóvel será dificil pq não tenho. Sou anti-telemóvel.

Joanissima disse...

Fazes bem... Ultimamente tem-me apetecido mandar o meu pela janela muitas vezes...

Mat disse...

Andei com um durante três anos, avariou e simplesmente não quis mais. Às vezes é dificil não ter telemóvel nestes tempos.

Mat disse...

Mas brevemente vou adquirir pombos correios!

Pedro disse...

Eu tenho um estafeta. Chama-se Juvenal.

Tiago disse...

Matias, não vás para os pombos-correio. O meu foi passar o inverno a marrocos com o meu ordenado de setembro no canudo!

Pedro disse...

Podes sempre experimentar sinais de fumo... mas aviso-te já que mancham o tecto da sala toda.

Mat disse...

Voltando a conversa do duro...achei uma escola infeliz e bastante fraco, João. Desiludistes-me...
By the way: Seagal é só com um L, seagull(gayvota) é que é com 2 L.

Pedro disse...

Eu escolhi o Charlie Bronson, Matias... e tenho sempre dicussões acaloradas com o João por causa disso.

Mas já percebi que tu e o Gémeo Tiago defendem alternativas sem sentido nenhum. Do género, actores com diversos pontos negros (leia-se, filmes lamechas) na sua carreira de actor.

Mat disse...

Filmes lamechas? Quem? Para mim, o mais duro é o Sean Connery. Este um homem é um monumento do cinema e sobretudo dos filmes de acção. Logo em segundo lugar, vem o Clint, por causa do Dirty Harry e do "cowboy sem nome".

Mat disse...

O Bronson teve um papel de jeito na vida toda (mas que papel!, de resto só fez m***a.

Pedro disse...

Matias, por exemplo, 'A Casa da Rússia' para o Sean Connery e 'As Pontes de Madison County' para o Clint...

Ao Bronson, e tirando os telefilmes quando já estava demenente, nunca o apanharam com falinhas mansas...

Mat disse...

'A Casa da Rússia' não é o filme em que contracena com a Michelle Pfeifer? Até eu tinha falinha mansa...

Tiago disse...

Catwoman... Miauuuu

João disse...

No seguimento do comentário do Tiago, consigo elaborar os seguintes:

Cowoman... Muuuuuu

Bitchwoman... Bark

Goatwoman ... Meeeeeee

Horsewoman... Reliiiiiinch

Eaglewoman... ahhhhh ahhhh

e por aí fora...

Pedro disse...

Já agora...

Woman... do you have to leave the toilet seat up?

Mat disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Mat disse...

Horsewoman??? Essa é aquela dos Da Vinci, né?

Pedro disse...

Horsewoman é a Helena Napoleão (a partner dos programas do Luis Pereira de Sousa). Se alguém ilustra o conceito de cavalona, é ela.

Mat disse...

E Teresa Guilherme a cowwoman...

Pedro disse...

Até acho a Teresa Guilherme mais Horsewoman...

Anónimo disse...

Excellent, love it! video editing programs