11.4.06

Sofás, Camas,Transformistas e Afins


Como é certo e sabido, os homens que se prezam (não no sentido de homens que usam cremes, mas sim no de "homens à séria") não querem saber nada acerca de decoração de interiores, cortes de cabelo e , obviamente, de dançar fora do âmbito dos bailaricos dos almoços de convívio para divorciados ou das boîtes com brasileiras nordestinas alternadeiras.
Mas para os que mesmo assim se interessam por essas coisas, tenho boas notícias a dar. O IKEA, que para quem não sabe é uma espécie de Moviflor sueco, tenta agora consquistar um nicho de mercado que se caracteriza peos seus membros, nos anos 80, terem brincado aos penteados, experimentado as roupas e maquilhagem das mães ou das irmãs mais velhas, e de se auto-intularem de "material girls". A esse público nós no marketing chamamos de - e este é um termo técnico - "mariconços".

Esta nova linha de produtos, que tal como todos os outros produtos se caracterizam por "terem design", um preço acessível e serem de fácil montagem. Esta última característica deu origem à denominação de "IKEA PS", e que significa "IKEA Para Sodomitas". As instruções destes produtos também fazem referência a essa característica, da quais passo a citar: "Uma cama extra para os seus convidados. Mesmo que viva numa casa pequena, ter convidados que fiquem para dormir já não será problema..."

8 comentários:

Mat disse...

Caramba! E eu que pensava que na terra dos Sodomitas, os convidados dormiam na cama do anfitrião.

Pantera Cor-de-Rosa disse...

Este blog está a ficar muito homofóbico!

João disse...

Eu cá acho é que este blog anda a ser demasiado frequentado por pessoas que usam "cor-de-rosa" no nick.

José Ernesto Coelho disse...

saudações cor de rosa. eheh

www.tabernadoze.blogspot.com

Pedro disse...

Parece mais uma cadeira de rodas largueirona que se transforma num carrinho de rolamentos almofadado.

João disse...

Como todos nós sabemos, um carro de rolamentos e até as cadeiras de rodas largueironas são coisas másculas, este sofá é tudo menos isso.

Pedro disse...

És capaz de ter razão, sim senhoras... nunca vi um gay de cadeira de rodas...

Anónimo disse...

Very nice site! »