21.9.05

Concursos do Mundo

Um país não é país enquanto não instituir um concurso para eleger o cão mais feio do ano’. É nesta trave mestra que os americanos baseiam toda a sua existência colectiva, e que cá em Portugal parece ter sido incompreensivelmente confundida com a máxima ‘um país não é país enquanto uma revista com nome de avó não instituir um concurso para eleger o bebé mais bonito’. Assim como assim, é sempre um Micael ou um Renato que ganha. Parece que o nome é que decide. E não percebo como é que se pode achar bonito um bebé com mais cabelo que o Tom Selleck. No meu tempo, os putos ainda tinham nomes decentes. Só havia Pedros, Joãos, Nunos, Ruis e Marcos. Quem tivesse um nome diferente, apanhava das boas, como o gordo no ‘Senhor das Moscas’.


Bem, seja como for, lá na América é com cães que se brinca e é a fealdade que se premeia. Sam é o nome da criatura da foto e foi o vencedor incontestado das últimas três edições do concurso que tem lugar algures na Califórnia profunda. Apesar de parecer que já cá anda há tanto tempo que é bem capaz de ter mijado na perna do Pavlov ou ter cortejado a primeira Lassie, Sam tem apenas 14 anos, estando então, e ignorando a teoria do ‘ah, li num livro que os anos dos cães equivalem a não sei quantos anos de pessoa’, na puberdade. Mesmo quem já tinha visto casos extremos de acne juvenil, não consegue deixar de ficar surpreendido. O que interessa é que, todos os anos, os donos de Sam podem dar largas ao orgulho que é criar um cão de maneira a que este pareça uma mistura entre zombie e o chefe dos Gremlins maus. Mas, infelizmente, e porque Sam padece de todas as doenças que existem, não por muito mais tempo. Dificilmente o vencedor unânime das últimas edições marcará presença no próximo ano. A verdade é que Sam merece todo e qualquer descanso eterno, e em breve poderá ir para o céu dos animais famosos, brincar com outros nomes incontornáveis do showbizz animal, como sejam o Tubarão, a Laika, o Flipper, o Rin Tin Tin, o Free Willy, a Lassie, o porquinho Babe ou o coelho d’Atracção Fatal.

14 comentários:

João disse...

Com este cão, não se engatam gajas...

Tiago disse...

Coitados dos pobres cães que morrem na puberdade e não podem disfrutar da vida independente da meia-idade.

ron j. disse...

CREDO!

O porquinho Babe não morreu! isso é falso, ainda hoje o vi a vender revistas "desperta qq coisa" na companhia de um ganso.

Pedro disse...

Não morreu o quê? É um porco! Nem todos os elementos da equipa de filmagem eram judeus, pá!

AJFF disse...

Chiça, que cão mais feio!!!Para mim o dono dele é que organizou o concurso, porque ninguém tem uma coisa tão feia sem um objectivo. Só se é para parecer mais bonito que o cão.

Mat disse...

Este cão já deve ter sido atropelado algumas vezes...

lia disse...

Este cão é certamente o resultado de gerações de sexo não planeado...

Joel disse...

com cães destes quem é que precisa de um pitbull?! o medo por cães pequenos é bem real.

Lisbon disse...

isto e` o k acontece kando se lhes da` de comer depois da meia noite.

Shôtôr disse...

Por lapso certamente, esqueceram-se de referir na lista de animais falecidos do showbizz o Beethoven o S. Berbardo mais danado à face da Terra!
O Ideafix que apareceu nos filmes do Astérix acho que também já bateu a bota...

Pedro disse...

Os São Bernardo duram 250 anos. São como as tartarugas.

Telmo disse...

Eu gosto dos que parecem salsichas... ou como diria o outro - salchichas...

ron j. disse...

Eu já comia era uma bifana....

Pedro disse...

Comida de roulotte é do melhor... são os restaurantes do futuro.