22.1.06

A Mais Dura V



SIGOURNEY WEAVER

Susan Alexandra Weaver nasceu a 8 de Outubro de 1949, em Nova Iorque. Dia que , para além de ser um feriado qualquer por cá, é também o dia de aniversário do Matt Dammon, um conhecido contínuo que percebe de contas de matemática.
Seu pai,
Sylvester "Pat" Weaver Jr. foi presidente da estação NBC durante um par de anos e inventou os talk-shows de sofá e secretária, onde as pessoas conversam e têm sempre canecas de café, por serem demasiado impacientes para esperarem pelo "intervalo do café".
A sua mãe Elizabeth Inglis, além de inglesa como o próprio nome indica, era uma actriz que abandonou a carreira pela vida familiar. Tem ainda um irmão com o nome parecido com um tipo de vírus informático, Trajan, e acerca do qual eu não sei absolutamente nada.

Aos 14 anos, decidiu mudar o seu nome para Sigourney, porque andava a ler um livro em que uma das personagens também se chamava assim. Advirto desde já os pais e futuros pais para um dos mais graves riscos que a leitura tem, sobretudo a de livros de literatura, nas cabeças dos mais novos que ainda não têm pensar de gente: A leitura provoca ideias!
Sigourney frequentou uma escola de teatro, mas o seu 1,85m de altura fez com que ficasse sempre com papéis de prostituta ou de velha. Não percebo o que raio tem a altura a haver com isto, mas é o que está escrito no IMDB. Eu cá acho que também há prostitutas baixas... quanto muito ela poderá parecer um travesti, ou um drag-queen, visto que tem altura de homem.

Como todas as actrizes de quem eu já aqui falei, estreou-se numa "ópera de sabão" intitulada "Madman" de 1976. Mas o seu primeiro papel de relevo, foi em 1978, em que fez de "acompanhante dum gajo à porta do cinema" no filme "Annie Hall" de Woody Allen, e que teve a fantástica duração de seis segundos. Deve ter percebido que não seria em comédias pseudo-intelectuais que estava o seu futuro, e logo no ano seguinte dedicou-se à matança bicharada do espaço no filme "Alien" de Ridley Scott.
Foi graças à cena em que despe a roupa de astronauta que ganhou o 81º lugar na classificação das actrizes mais sexys do cinema e um lugar cativo no imaginário libidinoso dos fans de ficção científica. O monstro deste filme foi criado pelo artista alemão RH Gigher, que também fez retratos da Debbie Harry na altura em que ela ainda era jeitosa.

Os filmes que se seguiram foram "Ghostbusters" e "Aliens", de novo com muita bicharada . Esta sequela foi dirigida por James Cameron que abandonou o projecto de "Rambo II", mas que no entanto aproveitou o guião que já tinha, substituíndo o nome "Rambo" por "Ripley" e os vietnamitas por "aliens".
Em 1988, Weaver decide trocar o fato de macaco que usara em "Alien" por uma roupa do Coronel Tapioca e ir para "Bruna" morar com gorilas. Caso não saibam, os gorilas nesse filme eram bonecos robotizados, uma espécie híbridos de macaco Adrinano com um androide do "Alien". Ainda no mesmo ano, fez de "gaja que partiu a perna" num filme com a Mellanie Griffith e foi convidada a dar continuidade à sua personagem na sequela de "Ghostbusters" , antes dos produtores se terem apercebido que aquilo dava era uns bons desenhos animados.

David Fincher realizou o segundo melhor filme da saga "Alien", no qual Sigourney Weaver volta à personagem "Ellen Ripley". Desta a acção do filme desenrola-se na prisão para onde enviaram o grupo de "skinheads" que mataram o Carlos (o cabo-verdiano assassinado no Bairro Alto) e no qual "Ripley" faz justiça ao adjectivo "dura", pois salta para dentro dum balde de fundição, com muita mais pinta do que o Arnie no "Terminator 2". Afinal de contas um mergulho para a morte em estilo livre é mais impressionante do que descer agarrado a umas correntes a fazer um "fixe".

Participou ainda, numa série de filmes onde teve a oportunidade de torturar o "Ganhdi" e mostrar que tem mais caparro que o John Hurt, ser a primeira-dama dos E.U.A e brincar à branca-de-neve.
Susana Alexandra protagonizou também o último (?) filme da série "Alien", realizado pelo gajo do "Amélie", fazendo-se acompanhar dum "Milli Vanilli", do "Hellboy" que era também o atrasado do "Nome da Rosa", um anão paraplégico, o "Eddie" dos Iron Maiden e de uma miúda que rouba nas lojas de confecções e pronto-a-vestir.

De facto, Sigourney Weaver em tudo para ser "A Mais Dura", é alta, tem caparro, maneja armas e explode com coisas, pilota naves e até nem sequer fez muitos filmes "sensíveis". Só tem um problema: tem medo de andar de elevador. Como raio é que se faria um "Die Hard" com ela?

24 comentários:

Lady_DeathStrike disse...

Acho que te esqueceste do filme em que ela era uma psicóloga (acho) e tinha uma fobia qualquer acerca de sair de casa, mas conseguindo contudo, fazer com que apanhassem um serial-killer.

João disse...

Esse filme está na categoria dos filmes "sensíveis" a que me referi. É que para apanhar serial-killers sem sair de casa é preciso ter muita sensibilidade. Ou então internet...

7ubal disse...

Feriado a 8 de Outubro?? Desde quando??

João disse...

Pelo menos na minha seita é um feriado religioso. Celebramos a passagem do cometa. Vocês não?

Pedro disse...

Deve ser renovador, esse canalha. Só sabem dizer mal é dos ortodoxos...

Celebrem lá os vossos feriados demoníacos que nos festejamos a pureza dos nossos 8 de Outubro!

Mat disse...

Eu estou a ver bem ou mal...a Sigourney tem pelos na sovaqueira?

Telmo disse...

isso é sombra...

Telmo disse...

por acaso até é a mais dura... aqueles ossos todos e os nervos à mostra... não tem uns gramas de gordura para trincar

João disse...

É como o Cavaco, sequinho... sequinho!

karma police disse...

dava-lhe uma que a amansava logo.

João disse...

Ao Cavaco!? Credo!

Pedro disse...

De certeza que nem assim gemia, a porra do homem...

Lady_DeathStrike disse...

E para quando a letal Milla Jovovich?? :p (é só uma aparte...)

Anónimo disse...

o fundo branco com letras pretas é capaz de funcionar melhor

cidomanias disse...

Ui que mêdo, porra! Deixa-me já sair daqui... cruzes canhoto estes animais são frescos. Eh, ó malta virtual (sorry, it's the night word),não fazem nada carago? Estes men... porra! XÔ, XÔ... eheheheh
Eu digo-vos da S.W. ai digo digo! Ó S.W. vem cá ver isto, que tem evaristo! Empelastro de tigre naquelas beiças, era pouco!

101 disse...

O que é que o gajo do comentário anterior "disse"??

101 disse...

O que raio é empelastro de tigre nas beiças??

João disse...

Não sei o que é um "empelastro de tigre", apenas sei explicar o que é um emplastro Leão.

cidomanias disse...

'empelastro de tigre' é a forma popular de emplastro de leão... ehehehe! É pá a malta tem que se divertir, pá...esta anormalidade não é pra menos!Tétrico e repugnante!'Abandalhar, abandalhar'a única solução! E registando, Klaru, registando.

Pedro disse...

A Sigourney Weaver entrou no Alien? Foi ela que deu de comer ao Gremlin depois da meia noite? Não me lembro disso.

Anónimo disse...

Não sei, podia dar de comer ao meu gremlin que ele se transformava, podia ser a qualquer hora, depois ela podia dominar o monstro

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! » »

Gaspar, Nuno disse...

HR Giger meu caro!
http://www.hrgiger.com/
Tanto comentário e ninguém viu isto!
Bem-haja!

oliveira disse...

De tudo que vi é a primeira vez... que vejo tão falta de criatividade dos usuarios fazer tão pobre comentario de uma linda mulher a não ser umadas mais grandiosa atriz de cinema mundial para ser o que ela é leu estudou e se especializou a leitura que nos faz grande e o carater também se magra , se musculosa e ser gordo é tão ridiculo gual seria perfeito pois o cara que faz comentário sobre essas caracteristicas não teve e mem, sabe o que é uma mulher de verdade!! na minha opinião e o que já vi e ouvi acredito que sigourney weaver, é uma mulher supreendente e fantastisca comentarios a parte a "marca" alien só é grandiosa por ter no elenco o brilho que o cinema tem e tera para sempre de sigourney weaver a magrela, alta sem um pingo de gurdura e as vezes caréca das telas de cinema.