25.9.06

O Gestor Malvado

Image Hosted by ImageShack.us


Hoje é o meu dia de reentré! No mundo bloguista certo, porque não andei parado no mundo real. Comecei um capítulo novo na minha carreira profissional. Há um mês atrás fui contratado para me juntar nas fileiras de uma multinacional. Para quem ainda não sabe, é apenas nos meus tempos livres que tiro a minha capa cinzenta de gestor, para ser o Gémeo Malvado divertido que sou no fundo.
Até agora só laborei para empresas portuguesas, ou seja, fui mal pago e as horas extras nunca me foram pagas. Só tive patrões lusos duros, que nunca tinham uma palavra carinhosa para mim. Isso tudo acabou, meus senhores e senhoras, porque agora estou numa multinacional.
É verdade, tive de me sujeitar a certos compromissos que não são da minha natureza, como por exemplo, usar diariamente uma gravata. Foleiro, dizem vocês? Não, apenas juntei-me ao grupo da malta com classe. Os gajos dos Red Hot e Green Day, Avril Lavigne, e o James Bond são somente algumas das pessoas que utilizam também este utensílio de pouca utilidade.
E o que mudou mais? Tenho que presentemente frequentar uma cantina com 5 pratos diários diferentes. Hoje tive a tarefa difícil de escolher entre: Frango à passarinho, Solha grelhada, Cozido, Empadão de espinafres e Filetes de pescada com arroz tropical. Foi o Cozido que ganhou, porque é um prato pelo qual sempre nutri um carinho especial.
Também há um buffet de legumes, outro de pratos frios e um de sobremesas. É de facto bom ter uma oferta assim tão grande, o que está mal é, que não há um sítio para os empregados fazerem o powernap, a chamada “sesta” em linguagem vulgar, depois do almoço. Fico sempre com sono depois do almoço.
Por enquanto, não me lembro de mais nada muito relevante, mas se me sugerir algo, cá estarei para vós contar…

9 comentários:

Sacrilegius disse...

Aquilo não é a fatiota para a entrega de medalhas do pessoal da DHL ?

Fixemobil disse...

Bem-vindo ao mundo das gravatas! Espera só pelo verão para veres como isso é mesmo divertido!

E agora para um pouco de publicidade e auto-bajulação: A minha opinião pessoal sobre gravatas aqui.

Mat disse...

Obrigado, fixemobil...já agora qual é o nó de gravata que utilizes? Eu sou fã do meio-windsor.

Sacrilegius disse...

Não é nada comigo, mas, experimenta o Lais de Guia pelo chicote. A Pinha da Retenida também fica muito bem, mas adapta-se melhor a casamentos e baptisados.

João disse...

Foda-se! Que conversa a vossa... arranjem mas é um quarto!

julius disse...

muitos parabéns pelo seu sucesso profissional. Estou consigo!

João disse...

Desde quando é que o sucesso profissional se avalia pelos número de pratos disponivéis no refeitório?

SOD, o Pérfido disse...

Pensei que a gravata servisse para desviar a atenção das nódoas, das camisas...

Pedro disse...

Desde quando é que... ah, caralho, esqueci-me do que ia dizer. Foda-se para isto.