17.5.07

O Verao Chegou!













Todos os anos lá está ele de volta. Há gente que sente isso pelo bom tempo que faz, mas eu não, meus amigos. Eu sei isso através de um outro factor, a saber: a mulher.
Vou ser mais explícito: trabalho num grande escritório, onde o ar condicionado está sempre a bombar a mesma temperatura o ano inteiro e onde 2/3 é da espécie feminina. O último dado é para mim de facto louvável, já que me dou melhor com elas do que com eles. Quase sempre, porque quando começam a falar de esteticistas, cabeleireiros ou casamentos é melhor fugir.
Anyway, onde é que ia... como a temperatura é sempre a mesma no escritório, nem notamos que as coisas mudam lá fora; só vemos os sinais através das nossas colegas. Um ombro a mostra, às vezes dois, calças mais curtas, saias, sandálias, chinelinhas e até já vi alguns umbigos. A título de curiosidade: com o meu olhar de connaisseur consigo dizer em que estação estamos. No fundo é por isso, que olho para mulheres, para saber qual é o tempo.
Agora a sério, tenho é inveja da mulher nisso tudo. Eu, homem masculino, tenho de andar a carregar um fato e uma gravata, dia sim, dia sim; gostava também de andar por aí com mais frivolidade. A mulher sofre muito na vida: é menstruações, menopausas, dar luz aos filhos, arrancar os pêlos das pernas, casar com grandes anormais… é verdade, ninguém desmente isso. Mas andar com uma mini-saiazinha e sentir a brisa do mar na pernoca e não só... deve justificar muito sofrimento.

P.S. - Tenho há algum tempo esta fantasia de querer usar um kilt... serei o único?

38 comentários:

enxofre disse...

hummm algo me diz que se usas a gravata dia sim dia sim, é porque gostas.

João disse...

Se têm lá uma casual friday no teu serviço, acho que era de ires com uma mini-saia.Ou um mini-kilt.

Anónimo disse...

os kilts são deveras viris e muiiito sexys, além do que, tenho um raio de um fetiche com os ditos...coisa séria!!! eheheh

Anónimo disse...

Pior do que a tua fantasia de usar um kilt, é a minha de tocar, mexer, sei lá mais o quê, em alguem que tenha um vestido (kilt claro), e nem imaginas como é dificil encontrar um escocês em Santarém! llooll

João disse...

Tem graça que na única vez que fui a Santarém,vi um escocês de kilt. Estava a cavalo num toiro. Pareceu-me um aficionado até.

Mat disse...

Estimado Anónimo, se fosses Anónima, era homem para ir andar de kilt em Santarém e redondezas.

tulipa disse...

esse escocês escalabitano não tinha um corno de um touro espetado no cú?

João disse...

Não, mas tinha uma tulipa.

Anónimo disse...

sou anonima mesmo, por isso vou prestar bastante atenção a todas as saias que me passarem pela frente, pode ser que alguma seja "extravagante"!!!!!

Outra coisinha...essa tulipa é um bocado parva,certo??? ou fui só eu que notei? sorte que eu nunca fui aficionada senão era capaz de ser caso para lhe fazer uma "pega de caras" ( as coisas que eu me lembro de dizer---é do tempo!!)

Anónimo disse...

João, brilhante raciocinio!

Anónimo disse...

espera já sei o que se passou...deve ter sido um dos sobejamente conhecidos excessos portistas em noite (ainda??)de festividades---Saudações leoninas, tulipa tonteca, não sou escocesa, e os cornos dos touros ou bois, não servem para enfiar em nenhum cú! uuuuu deve ser muito mau! eheheheh és loira????

Tiago disse...

Ela', as catfights voltaram ao GM!

Maria disse...

nada de catfights, eu não estou assanhada e a moça seguramente não usa kilt!

detesto ser anonima...

Anónimo disse...

Eu não queria ser anónimo no outro comentário. O meu nome é Joaquim.

Tiago disse...

estas feministas sao uma chatice. nada como antigamente...

João disse...

Pois são! Preferi-as mais quando a queimar só tiens.

Mat disse...

Andar de túnica também seria uma boa. Portugal devia ser outra vez convertido ao Islão.

Maria disse...

BOAAA! Sr. Matias a túnica tambem deixa sentir a brisa do mar na pernoca, sem ter que casar com um grande anormal! Lamento informar, mas estão enganados, aqui pelas terras da provincia o feminismo é atenuado pelo outro ismo que ainda vigora, o Marialvismo, o que hoje em dia não deixa de ser uma lufada de ar fresco! O feminismo...trata-se de parvoíce.

Maria disse...

queria ainda dizer que tenho espreitado o vosso blog, e acho que vocês têm realmente piada(quase sempre). E ainda, que acho o blog interessante, mas tenho a certeza que era mais interessante se eu não tivesse, estupidamente, decidido comentar a cena do kilt! as minhas desculpas...e com esta me retiro! llooll

sufragista_X disse...

É melhor mesmo deixares de comentar maria. Porque se há coisa que as pessoas não gostam é de ver uma rapariga (mesmo que da província) a derreter-se toda com uma bando de gajos machistas.

Tiago disse...

Foge, isto esta' mesmo infestado de feministas!

João Correia disse...

É uma questão de perspectiva, eu até apreciei os comentários da maria (fazem falta marias destas).

Maria disse...

Rapariga?! Como raio sabem que eu não tenho 70 anos e gosto na mesmo de me derreter com " um bando de gajos machistas"??? é que com este virus da metrosexualidade pan-infestante "um gajo" nunca sabe!!! agora chateie-me...nunca mais comento nada com ninguem que eu não consiga ver! esta coisa é lixada!

João disse...

Pá maria, não lhe ligues. Aposto que ela é uma gorda que não consegue engatar ninguém para além de camionistas vestidas de ganga da cabeça aos pés, e que dançam slows sempre que ouvem uma música da Dina.

Maria disse...

Tipo peguei trinquei e meti-te na cesta??...ahaha até consigo visualizar a cena! faltam uns pormenores sem importancia, nada de depilação na pernoca nem na axila e nada de "só tien" mesmo que faça muita falta! Esta foi malvada! fico-te a dever uma!

João Nascimento disse...

João, Maria, já arranjavam um quarto.

João disse...

queres te arranje 1/4 de quê? De queijo? 1/4 de litro d'água? Quando souberes, escreve-me para um-quarteirão(arroba)resma-vintem.com. Obrigado.

João Nascimento disse...

Um quarto de litro d'água afigura-se-me como um excelente local para se ter sonhos húmidos.

PS Pensas que eu não percebi que o mail é falso? A piada fez ricochete! Pemba!

Mat disse...

A Maria é uma moça simpática...trata-me por senhor. Mas quem é um senhor mesmo é o tipo felizardo que está na foto. É nem mais nem menos que monsieur Roger Vadim. O semi-deus que tem um pequeno altar dedicado à ele aqui na redacção do GM. A moça na prancha é a Caterine Deneuve de tenra idade e que tinha sido acolhida debaixo da asa protectora de Vadim. Antes e depois ainda acolheu mais uns quantos passarinhos, tais como Brigitte Bardot e Jane Fonda.

João Nascimento disse...

Obrigado Mat, por teres posto 1/4 de litro de água na fervura.

Maria disse...

Dom Matias, nobre cavaleiro e Grão Mestre da Malvada Ordem Gemelar...melhorou assim?? Roger Vadim não só acolheu uns quantos passarinhos como efectivamente casou com alguns deles, tendo ainda tempo para enfernizar a vida a Jane Fonda com um luminoso transsexual, de seu nome Candy Darling ( modernices...!!). O homem é um génio!

Maria disse...

Se abriu a época de agradecimentos, obrigado pela "moça simpática"... e o 1/4 de água na fervura talvez não tivesse sido de todo despropositado uma vez que ocorreu 1/4 de uma "DOGFIGHT",(teve que ser--ahahah)!

Tiago disse...

que tanga! dantes e' que era bom. mulheres assanhadas atra's de no's!

Maria disse...

Tiago, as tangas são previlégio da clandestinidade, fora daqui...até sou boa moça!

João Nascimento disse...

Para onde foi o post sobre a origem d'O Gémeo Malvado? Curti que fode os desenhos.

Maria disse...

Tal como o previlégio de se ser chamado de Sr. não é para todos!

Maria disse...

pois é! Boa pergunta! Tambem estava a gostar da lenda e adorei o "cuidade com o cão" à porta do castelo, e a coisa desapareceu...parecia ninja!

Mat disse...

Os leitores do GM só merecem o melhor. Como os desenhos a preto e branco não estavam a resultar bem, estou a pinta-los de cor. É uma pena que os meus irmãos gémeos não se esforçam entretanto para escrever textinhos novos.
Gostava de referir também que sempre foi um sonho meu, escrever um livro infantil e que com "a legendária lenda d´O Gémeo Malvado" no fundo vou realizar um pouco esse meu sonho.
Agora vou chorar de emoção num canto um bocado...com licença!