18.12.06

A Minha Táctica



Começou mais uma vez vez a corrida de Natal. Milhares de pessoas a gastar as poupanças nas lojas e milhares lojistas a esfregar as mãos de contentes. Eu também comprei prendas, estimados leitores, mais por obrigação que propriamente por livre vontade. Houve uma altura na minha vida em que tentei dizer não a esta festa de consumo. Todos os anos é a mesma coisa, o que hei-de comprar para o tio Manel, mais uma gravata ou mais uma garrafa de whisky? ...uh...Vai mais uma gravata... porque a tia Zulmira não gosta que o tio Manel beba. E para tia Zulmira...vai pela 20ª vez uma caixa de chocolates?

Para mim isso tudo acabou, porque desde há um par de anos, só compro livros, DVDs e CDs, ou seja apenas cenas culturais. O tio Xavier só fez a terceira classe e mal sabe ler!? Não importa, porque um livro pode servir como um incentivo para começar a adquirir este hábito tão bom. Neste caso se a leitura for banda desenhada pode ajudar também. A Tia Gertrudes já não ouve bem e ofereceste um CD? Não faz mal, desde que seja Sepultura ou Napalm Death.

Nós, os compradores da prenda, também ganhamos com esta táctica. Sempre quiseste ter o triplo da Maria Callas ao vivo na La Scalla ou a caixa com a filmografia completa de Ingmar Bergman, mas não podias porque tinhas sempre de te conter por causa das tuas finanças? Agora já podes comprar, porque com uma só prenda fazes duas pessoas felizes. Pois claro, os DVDs, os CDs, os livros vejo, oiço e leio antes de oferecer. Isso é, no fundo, uma situação win–win, como se diz no jargão do mundo empresarial. Usufruo dos bens à pala e quem os recebe, fica logo a saber se o presente é bom ou mau.

10 comentários:

António A. Antunes disse...

dizes isso porque a tua mãe não te dá meias ao xadrez todos os anos. pôh.

medusasss disse...

estratégia malvada de principiante: o melhor nestas datas é dares na mesma proporção do que te dão. Passo a explicar: a tua mamã dá-te meias xadrês todos os anos? Oferece-lhe umas meias da Calzedonia cheias de arabescos (o cúmulo do piroso) e para o ano a aventura continua!
Tens tias que te oferecem coisas pirosas? Recicla a prenda e no ano seguinte dás à tia amorosa o que ela te deu! Se n perceber a mensagem, ao menos fica feliz: o sobrinho tem tão bom gosto!

João disse...

Era para comentários destes que vocês queriam posts novos!? Mas valia termos ficado quietos...

Moribundo disse...

E uma pedrinha de carvão no sapatinho? calhava bem, não?

João disse...

Mas você não sabe que as sardinhas nesta altura são das congeladas!? Então não venha para aqui falar nessas coisas do carvão e do lume s.f.f.

esquisoide frenica disse...

Natal on fire, com pedrinhas de carvão no sapatinho e o lume dos cigarrinhos.

Anónimo disse...

Nice Blog, some interesting info and thoughts, a bit radical for me at times but thats ok.

João disse...

O PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS!? VIRA À DIREITA, SEGUE SEMPRE EM FRENTE... UNDERSTAND!? TURN RIGHT, ALWAYS IN FRONT, OK? CAMONE ALLRIGHT!

Pedro disse...

A minha táctica é o 3x5x2 ou 3x4x3 como losango a meio campo. Impraticável no nosso país devido a questões culturais. É pena.

João disse...

Experimenta a táctica 16, ou 4x4 como lhe chamam algumas pessoas, que funciona desde as escarpadas ladeiras do norte até às planícies sempre a direito do sul. Podes "inclusiver" atravessar rios porque o escape é daqueles altos junto ao tejadilho e isso.